Os membros da Tértulia Energia comentam a notícia «California’s Shift From Natural Gas to Solar Is Playing a Role in Rolling Blackouts», publicada no site Green Tech Media.

Comentário

Onda de calor, consumo elevado de ar condicionado, fotovoltaicas a zero aí a partir das 19:30, pouco vento e insuficiência de potência de backup. Voltaram aos cortes rotativos de consumo, ou racionamento, de forma a manter reserva operacional mínima para evitar risco de apagão geral (isto já tinha ocorrido em 2001). Parece que a situação está a agravar-se. A eletricidade é assim, não perdoa quando a potência FIRME é insuficiente (não confundir potência FIRME de uma renovável com a sua potência MÉDIA num ano).

O que é espantoso é que os ‘rolling blackouts’ estão a ser feitos mesmo com uma percentagem do solar e eolica de apenas 25 a 30% do net load.

Mau planeamento? E qual será o custo de tudo isto para o consumidor final ? Este artigo também põe em causa estudos sobre a descarbonização a 100% com uso de baterias para 2030 que alguns estudos dizem que é possível, mas não indica os custos.

E eles não têm uma Espanha ao lado que ainda tem nuclear e carvão com potência suficiente para fornecer o vizinho.